Feijão com cubos de carne seca

22nd novembro, 2017 by Danny Mou

Aqui em casa, adoramos feijão. Ainda mais com as temperaturas amenas, dá vontade de comer um feijãozinho bem temperado, todos os dias! E a dica de hoje é: colocar cubos de carne seca no feijão!

O feijão mais gostoso para mim, é exatamente assim: bastante caldo, porém grossinho (feijão aguado é triste… hehe). Também gosto dos grãos macios, mas sem desmancharem.

Depois de cozido, na hora de temperar com aquele refogado delicioso de cebola e alho, acrescento os cubinhos de carne seca Paineira já cozida, e deixo apurar por 5 minutinhos em fogo baixo. Fica uma delícia!!!

.

Lembrando que a Carne Seca Paineira deve ser dessalgada, antes do uso!
Coloque numa vasilha com água e deixe de molho por cerca de 12 horas, trocando a água no mínimo 3 vezes. Depois, escorra a água e corte em cubos. Eu prefiro cozinhá-la na panela de pressão por 40 minutos, assim fica bem macia e pode ser desfiada com facilidade. Na embalagem estão todas as instruções, bem detalhadas.

E se não for usar toda a quantidade de carne seca cozida, coloque em saquinhos plásticos apropriados, retire o ar e guarde no freezer. Assim, na próxima vez que for cozinhar feijão, basta descongelar e usar!

.

Visitem a Paineira nas mídias Sociais:
Twitter e Facebook

Receita publicada originalmente no Blog em 08/05/2013

Sugestão de leitura:


Siga @danny_mou no Instagram!

» COMENTÁRIOS AQUI »

Creme de Papaya com Cassis

27th julho, 2017 by Danny Mou

Sobremesa fácil, levíssima e deliciosa! :D

Porção individual:
- 1/2 mamão papaya picado
- 1 copo pequeno de yogurte natural bem gelado (consistência firme)
- 1 colher (sopa) licor de Cassis => opcional

Porção individual:
Bater o papaya e o yogurte no liquidificador, até ficar bem cremoso. Coloque numa tacinha e despeje a colher de licor delicadamente por cima. Se quiser, pode enfeitar com 1 cereja em calda.

Dica: esta sobremesa deve ser feita na hora, pois o mamão pode amargar. ;)

Receita publicada originalmente no Blog em 02/04/2009

Mais informação sobre Mamão:

O mamoeiro é uma fruteira tipicamente tropical, antiquíssima, originária do noroeste da América do sul. Foi introduzida no Brasil, na costa brasileira pelos portugueses no final do século XVI. Em pouco tempo se espalhou por todo território nacional.
O mamão é uma fruta pouco energética (40 calorias 100g) devido ao seu elevado teor de água (90%). É rico em vitamina C, ácido fólico, betacaroteno, potássio e fibras, principalmente pectina. No mamão também é encontrada a papaína, uma enzima proteolítica com capacidade de fazer uma “pré-digestão” das proteínas. Age de maneira semelhante a pepsina, enzima produzida pelo ser humano, responsável pela digestão das proteínas da dieta.

A papaína, enzima extraída do mamão, tem os mais variados usos na indústria têxteis, farmacêuticas, de alimentos e de cosméticos. O leite que sai das frutas quase maduras pode ser usado para amaciar as carnes mais duras e as deixam também mais saborosas.

Quando verde, o mamão deve ser guardado em lugar fresco, embrulhado em um jornal. Nunca devemos riscá-lo com faca ou outro objeto, porque o líquido extraído contém substâncias nutritivas que ajudam a melhorar seu sabor.

É um alimento rico em minerais, Potássio, Fósforo, Cálcio, Ferro e Sódio, além de conter Vitamina C, Vitaminas do Complexo B e Beta-caroteno (provitamina A). Apresenta, ainda, papaína, enzima natural que ajuda na digestão das proteínas.

O mamão tem propriedades laxativas, calmantes, além de ser purificador do sangue. Suas sementes têm ação contra vermes e seu grande conteúdo em Beta-caroteno o torna um poderoso antioxidante.

100 gramas de mamão papaya fornecem 36 calorias.

O mamão bom para o consumo não deve ter rachaduras, partes escuras ou machucadas, nem picada de inseto. A casca deve ser firme. Quando verde deve ser deixado em local fresco e arejado para terminar o amadurecimento. Fonte: Hortifruti

Sugestão de leitura:


Siga @danny_mou no Instagram!

» 1 COMENTÁRIO »

Como cozinhar Brócolis no micro-ondas

26th setembro, 2016 by Danny Mou

Eu adoro brócolis, principalmente o tradicional de talo comprido. No supermercado, encontramos mais facilmente o brócolis do tipo ninja, que também é gostosinho.

O brócolis amarela muito rapidamente, então uma boa prática que tenho utilizado, é cozinhá-lo no vapor usando o micro-ondas. Assim, ele mantém suas características nutricionais e continua crocante. E eu economizo tempo na cozinha!

Um excelente alimento que deve fazer parte do nosso cardápio, pois é pouco calórico, contém alto teor de fibras e é rico em vitaminas e minerais.

Lavar os talos, deixando apenas os buquês e a parte mais tenra. Pegue uma vasilha refratária e coloque o brócolis limpo e bem úmido. Cubra com um prato e leve ao micro-ondas por 2 minutos na potência máxima. Se achar necessário, deixe mais 30 segundos. O importante é não cozinhar demais.

Deixe esfriar e use como quiser: no arroz, como recheio de torta ou pastel, na salada, etc. Apesar de menos saudável, minha opção preferida é passá-lo no alho e óleo.

.

Brócolis ao alho e óleo: verdinho, crocante e delicioso!

.
Três receitas com brócolis já postadas aqui no Blog e que vale a pena conferir!
- Torta de Brócolis com Ricota
- Bolo Salgado de Brócolis
- Panqueca de Brócolis

Publicado originalmente no Blog em 19/08/2013

Sugestão de leitura:


Siga @danny_mou no Instagram!

» 2 COMENTÁRIOS »

Sopa de Ervilha com Paio

15th setembro, 2016 by Danny Mou

Com as noites frias que já estamos tendo durante o outono, é uma delícia tomar uma sopa quentinha na hora do jantar. Bom, pelo menos eu adoro! ;)

Esta receita então, além de ser deliciosa, é muito rápida e prática. Quem não quiser usar a ervilha em lata, pode usar a congelada na mesma quantidade. Só com a ervilha seca fica diferente, aí seria necessária uma adaptação da receita; eu nunca fiz, pois gosto da praticidade.

Ingredientes:
- 2 latas de ervilhas escorridas
- meio litro de água
- 1 cubo caldo de bacon
- sal à gosto
- 1 dente de alho picadinho
- 1 paio grande cortado em pedacinhos

Modo de Preparo:
Bata no liquidificador, a ervilha escorrida com o meio litro de água. Reserve.
Retire aquela capinha do paio e corte em pedacinhos. Refogue o paio na sua própria gordura, depois acrescente o alho e deixe dourar levemente.

Despeje a ervilha batida no liquidificador, o caldo de bacon e acerte o sal. Gosto de colocar um pouquinho de molho inglês. Deixe cozinhar em fogo baixo, com a panela semi-aberta, por cerca de 20 minutos; até engrossar levemente. Mexa de vez em quando.

Sirva imediatamente, acompanhada de pão italiano fatiado. Fica uma sopa cremosa, consistente e com sabor marcante.

/

Se preferir, polvilhe parmesão ralado grosso por cima!

Receita postada originalmente no Blog, em 05/05/2011

/

Mais informação sobre Ervilha:

Além do alto teor de proteí­nas, as ervilhas verdes frescas são uma boa fonte de pectina e outras fibras solúveis, que ajudam a controlar os ní­veis de colesterol no sangue.

Escolha ervilhas com as vagens frescas, de cor verde-clara uniforme, sem machucados, bem cheias e pesadas. Quando estão passadas, têm uma aparência quase inchada, enrugada e amarelada, com manchas cinzentas. As em conserva não devem estar amolecidas e nem com cheiro azedo. As ervilhas secas não podem ser muito quebradas, nem apresentar excesso de sujeiras. Ao optar pelas ervilhas tortas procure aquelas que tenham uma coloração verde-clara uniforme, com vagens finas e grãos desenvolvidos.

As ervilhas frescas são conservadas em geladeira, sem debulhá-las. Use dentro de 2 dias. As ervilhas enlatadas, depois de abertas, devem ser passadas da lata para potes de vidro fechados e guardadas na geladeira, na parte superior. As ervilhas tortas podem ser mantidas na geladeira por 1 a 2 dias.

Seja qual for a sua forma, é um ótimo ingrediente para saladas, sopas, recheios, omeletes, tortas ou mesmo como guarnição. Cada porção de 100g de ervilha fresca crua, tem 81 calorias. Fonte: Hortifruti

Sugestão de leitura:


Siga @danny_mou no Instagram!

» 2 COMENTÁRIOS »

Bolachinhas Fáceis de Coco

17th maio, 2016 by Danny Mou

Esta bolachinha de coco é uma delícia, super fácil de fazer e derrete na boca. Uma receita prática, para quem não tem habilidade em fazer biscoitos. Até as crianças podem fazer e se deliciar! :)

Ingredientes:
- 5 colheres (sopa) farinha de trigo
- 2 colheres (sopa) açúcar
- 200g de amido de milho
- 50g coco seco ralado (sem açúcar)
- 1 xícara (chá) margarina em temperatura ambiente

Modo de Preparo:
Misture os ingredientes secos e depois coloque a margarina. Amasse bem com as mãos, até incorporar tudo.

Faça bolinhas e achate levemente com um garfo. Assadeira sem untar, leve ao forno médio pré-aquecido por cerca de 20 minutos (até dourar levemente a parte de baixo). Rendimento: 70 unidades pequenas.


Receita publicada originalmente no Blog em 28/01/2010


Mais informação sobre Coco:

As partes comestíveis do fruto são a polpla branca e a água, que podem ser consumidas quando o fruto ainda está verde ou depois de maduro. O valor nutritivo do coco varia de acordo com o seu estado de maturação, apresentando bom teor dos sais minerais Potássio, Sódio, Fósforo e Cloro. Sua polpa é rica em fibras e bastante calórica. À medida que a polpa amadurece, aumenta seu teor de gorduras. Possui proteínas importantes para o funcionamento do organismo e fibras, que estimulam a atividade intestinal.

A água-de-coco funciona como um excelente diurético. É só beber um copo por dia. Os resultados são surpreendentes: baixa a pressão arterial, elimina o inchaço dos pés e diminui o colesterol.

Para verificar se o coco maduro está em boas condições, basta bater com uma moeda em sua casca. Se ele estiver fresco, o som será estridente. Se for oco, indicará que a fruta está estragada.

A polpa do coco é rica em fibras, auxiliando no bom funcionamento intestinal. Seu conteúdo em Potássio, tanto na água como na polpa, auxilia no bom funcionamento do coração, mantém a pressão arterial em bons valores, protege a função neuromuscular.

100 gramas de coco maduro fornecem 266 calorias. 100 gramas de água de coco fornecem 22 calorias.

Quando fechado, o coco fresco conserva-se por 2 meses, depois de aberto, deve ser usado no mesmo dia ou guardado em recipiente tampado, com água, até 2 dias ou em saco plástico fechado. O seco, com ou sem água, permanece por muito tempo sem se alterar. A gordura de coco pode ser guardada dentro ou fora da geladeira.

Da polpa se obtém um refresco usado em doces, sorvetes, preparações a base de peixe e frutos do mar (leite-de-coco). Para completar, oferece uma bebida única e impossível de ser copiada, a água-de-coco.
O coco realça o sabor dos alimentos, sendo excelente no preparo de bebidas, pratos doces e salgados, substituindo com vantagem nozes e amêndoas nos diferentes tipos de receitas. Fonte: Hortifruti

Sugestão de leitura:


Siga @danny_mou no Instagram!

» 3 COMENTÁRIOS »