Virado de feijão fradinho com queijo coalho

9th junho, 2016 by Danny Mou

Esta receita não é nada light, mas o sabor é divino. Eu já gostava muito de feijão fradinho e, também, de queijo de coalho. Depois, descobri que os dois juntos combinam muito bem!

Ingredientes:
- 400g de feijão fradinho
- 1 folha de louro
- 1 caldo de bacon
- sal à gosto
- 2 linguiças calabresas “tipo fininha” em rodelas
- 2 colheres (sopa) bacon picadinho
- 1 dente de alho picadinho
- 2 espetos de queijo de coalho cortado em cubinhos pequenos
- 6 à 8 colheres (sopa) farinha de mandioca temperada

Modo de Preparo:
Deixe o feijão de molho na véspera, depois cozinhe na pressão por cerca de 20 minutos (até ficar macio, mas sem desmanchar), junto com o caldo e o louro. Escorra e reserve.

Numa panela média, doure o bacon, a linguiça e o alho. Acrescente o feijão escorrido e deixe pegar gosto. Prove e acerte o sal.

Vá colocando aos poucos a farinha de mandioca, enquanto mexe para incorporar. Não coloque muita farinha. Por fim, acrescente os cubinhos de queijo de coalho, desligue o fogo e deixe a panela tampada por 5 minutos; para o queijo amolecer.

.

Combinação deliciosa: feijão fradinho, linguiça e queijo coalho :D

.
Receita postada originalmente no Blog em 13/12/2010

Sugestão de leitura:


Siga @danny_mou no Instagram!

» 4 COMENTÁRIOS »

Feijoada by Danny

23rd abril, 2014 by Danny Mou

>> Diário Pessoal, 23/04/14

O tempo deu uma esfriada aqui em Sampa e aqui em casa, logo ficamos com vontade de comer Feijoada! Em qualquer restaurante, podemos encontrar feijoada todas as quartas e sábados, mas… a vontade bateu por “aquela senhora feijoada”, feita em casa com muito capricho! ;)

Falar de Feijoada Light soa até engraçado, mas eu gosto de tirar todas as gordurinhas das carnes, coloco um pingo de óleo para refogar e não uso os pertences mais pesados. Então, vamos agora conhecer minha receita, testada e aprovada por muitos amigos e aprimorada no decorrer dos anos: Feijoada by Danny.

Eu cozinho um pacote de carne seca Paineira, de preferência dianteiro ou traseiro – quem curte uma gordurinha, também pode usar a ponta de agulha – juntamente com um pedaço grande de lombo. Ambos já ficaram de molho e foram previamente dessalgados. Coloco água, uma folha de louro e os pedaços de carne seca + lombo cortados em cubos grandes, na panela de pressão. O lombo cozinha mais rapidamente, em cerca de 25/30 minutos já está bom. Eu retiro e volto a panela ao fogo, deixando pegar pressão novamente e cozinho a carne seca por mais uns 15 minutinhos. Escorro a água e reservo.

Os demais ingredientes, eu cozinho junto com o feijão preto (que ficou de molho durante a noite). Se a sua panela de pressão não for bem grande, é melhor dividir essa fase em duas etapas, senão não vai caber.

- 1 Kg Feijão Preto
- 2 gomos de linguiça calabresa defumada em rodelinhas
- 3 gomos de paio em rodelas grossas
- 1 pedaço de bacon picado
- 1 pedaço de costelinha defumada
- 2 envelopes de tempero para feijão

Eu gosto muito mais da costelinha defumada, apesar de ser bem mais cara. Quem for usar a salgada, precisa retirar o excesso de sal como se faz com o lombo e a carne seca, antes de cozinhá-la.

Coloque tudo na panela de pressão e complete com água, deixando uma margem equivalente a 4 dedos. Depois que pegar pressão, cozinhe por 20/25 minutos em fogo médio.

Agora eu uso uma panela enorme, para colocar todos os ingredientes já cozidos, mais o lombo e a carne seca Paineira reservados. Se necessário, coloco mais água e deixo no fogo baixo. Enquanto isso, numa panelinha, faço um refogado com bastante cebola picadinha, alho e uma folha de louro. Quando dourar, despejo na panela da feijoada e mexo bem. Gosto de colocar molho inglês também, pois dá um sabor especial. É bom provar o sal nessa hora. Quem curte pimenta, fique à vontade; aqui em casa ninguém gosta, então, não coloco.

O ponto fica ao gosto do pessoal: Feijoada mais grossa ou com mais caldo. O importante é que as carnes estejam bem macias e suculentas! ;)

Acompanhamentos perfeitos: arroz branco, couve refogada bem fininha, farinha de mandioca torrada e fatias de laranja (que ajudam a cortar o excesso de gordura). Estão servidos?

Sugestão de leitura:


Siga @danny_mou no Instagram!

» 1 COMENTÁRIO »

Arroz Integral com Linguiça

29th outubro, 2012 by Danny Mou

>> Diário Pessoal, 27/10/12

Adoro arroz integral, pois é muito mais nutritivo que o arroz branco. E como estou numa fase de pouquíssimo tempo livre, o melhor é recorrer ao produtos que facilitam a nossa vida na cozinha! ;)

Esta receita para mim é um prato único, que fica pronto rapidamente e acompanha muito bem uma salada de folhas. Refeição completa em poucos minutos!

O arroz integral Vapza já é meu conhecido desde o lançamento; adoro pela praticidade e sabor. A embalagem é perfeita, com a quantidade ideal de arroz para duas pessoas comerem bem.

Agora, vamos a receitinha de hoje!

Abra a embalagem de arroz integral e coloque os grãos num refratário pequeno.
Doure rapidamente num fio azeite, duas linguiças defumadas cortadas em rodelinha. Misture ao arroz, polvilhe bastante parmesão ralado grosso por cima e leve ao micro-ondas para aquecer.

.

Arroz Integral Vapza & Vupt: já vem pronto, é só aquecer!

.

Se você quer experimentar os produtos Vapza, esta é sua chance!
Participe deste sorteio aqui no Blog:

Visitem a Vapza nas mídias sociais:
Twitter // Facebook // Blog

Sugestão de leitura:


Siga @danny_mou no Instagram!

» 1 COMENTÁRIO »

Baião-de-Dois

16th novembro, 2010 by Danny Mou

>> Diário Pessoal, 16/11/10

Adoro feijão fradinho e adoro queijo de coalho; a combinação desses dois ingredientes é show!!! :D
Esta é uma receita típica nordestina; um pouco demorada, mas não tem complicação, rende bastante e o sabor é excelente.

- 2 xícaras (chá) feijão fradinho
- 1 cebola média picadinha
- 2 dentes de alho bem picados
- 1 colher (chá – rasa) sal
- 1 cubo caldo bacon
- 1/2 xícara (chá) bacon picado em cubinhos
- 1 linguiça calabresa defumada cortada em rodelas OU paio
- 1 1/2 xícara (chá) arroz cru
- 2 espetos de queijo de coalho picados em cubinhos

Cozinhe o feijão fradinho junto com a linguiça, até amaciar (cerca de 30 minutos).
Numa panelinha à parte, doure o bacon com a cebola e o alho, depois despeje na panela com o feijão já cozido. Adicione o arroz cru, o sal, o caldo e acrescente água fervente suficiente para cobrir todos os ingredientes. Leve ao fogo baixo, com a panela semi tampada, até o arroz cozinhar (cerca de 15 minutos). Fique de olho para a água não secar totalmente antes do tempo. Desligue o fogo, coloque os cubinhos de queijo de coalho, mexa e tampe a panela; espere 5 minutos para o queijo amolecer e sirva em seguida.

.

Mais informação sobre Queijo de Coalho:

O queijo de coalho, tipicamente culinária do sertão nordestino brasileiro, surgiu da necessidade dos viajantes carregarem leite durante as longas viagens. O leite não poderia estragar e por esse motivo descobriram a utilização do coalho para talhar o leite.

O queijo de coalho é baseado na simples coagulação do leite e na prensagem da massa. O leite utilizado na fabricação do queijo de coalho é totalmente integral e de origem bovina. Posteriormente à sua ordenha, o leite é pasteurizado e recebe um tratamento térmico de aproximadamente 65º graus, onde ocorrem as eliminações de possíveis agentes contaminadores. E após a sua pasteurização, o queijo recebe a salga diretamente em sua massa.

O mesmo pode ser consumido assado, que é a forma mais usual, em churrascos ou em pratos típicos. Assado, também constitui presença obrigatória na mesa nordestina, tanto no café da manhã quanto no almoço ou jantar. Cada 100g contém 230 calorias. Fonte: Queijo de Coalho

.

O Museu do Queijo de Coalho criado pelo governo de Pernambuco. Com sede em Garanhuns, junto de Bom Conselho, Jucati, Pedra, Sairé, São Bento do Una e Venturosa, importantes fabricantes desse queijo. Nessa região do agreste setentrional, chega-se a produzir cerca de 1,3 milhões de litros de leite/dia, com 800 fabricantes informais desse queijo.

Queijo de Coalho é presença obrigatória em todas as mesas nordestinas. Na literatura também. “Concordei gravemente, enquanto ele gritava pelo garçom, encomendando doce de jaca com queijo de coalho. O café grosso e amargo, com gosto de chaleira, servido em xícaras grandes e grossas, completou a refeição” escreveu Hermilo Borba Filho, em “A Porteira do Mundo”. Está em todas as refeições – no café, no almoço e no jantar. Pode ser servido assado, derretido no forno ou grelhado. Acompanhando bolo, cuscuz, doce, baião-de-dois ou charque.

O Museu do Queijo de Coalho nasce em bom tempo. E que tenha longa vida. Certamente não será nunca o mais pomposo, nem o mais luxuoso dos museus. Nem talvez tão conhecido como os outros. Mas será, com toda certeza, o mais saboroso de todos. Fonte: Terra Magazine

.

Visite o site da Tirolez e saiba mais sobre seus produtos!

Sugestão de leitura:


Siga @danny_mou no Instagram!

» 1 COMENTÁRIO »

Sopa Minestrone

11th maio, 2010 by Danny Mou

>> Diário Pessoal, 11/05/10

Mais uma sopa deliciosa, que quero compartilhar com vocês! A receita é da Miriam Gonzalez, postada na comunidade de Culinária do Orkut, mas fiz pequenas modificações. Para quem gosta de sopa como eu, vale a pena experimentar! ;)

2 linguiças calabresas defumadas, cortada em rodelas
2 xícaras (chá) de feijão cozido batido no liquidificador (pode ser sobras)
4 xícaras (chá) de água
1 xícara (chá) de cenoura em rodelinhas finas
1 xícara (chá) de repolho picadinho => não usei
1 tomate sem semente picado
1 cebola grande ralada
1 dente de alho picado
2 batatas picadinhas
4 folhas de couve cortadas bem fininhas
1 xícara (chá) de macarrão para sopa => usei argolinha
Sal a gosto => usei 1 cubo de caldo de bacon
Pimenta a gosto (opcional) => não usei
1 colher de azeite

Frite a linguiça no azeite, depois acrescente a cebola e o alho. Junte o feijão já batido no liquidificador com a água, mexa e coloque o cubo de caldo, a cenoura, o tomate e a batata para cozinhar, até que fiquem bem macios (aproximadamente 20 minutos). Junte o macarrão e, quando estiver cozido, acerte o sal, jogue a couve e deixe cozinhar por mais um minuto. Sirva em seguida.

Sugestão de leitura:


Siga @danny_mou no Instagram!

» COMENTÁRIOS AQUI »