Como montar uma tábua de queijos para o Natal

23rd novembro, 2016 by Danny Mou


Foto: Divulgação Regina

.
Quer surpreender os amigos e familiares neste Natal?

Uma sugestão proposta por Barbosa & Marques, empresa centenária e fabricante dos produtos REGINA, é convidá-los para degustar uma tábua de queijos com diferentes texturas e sabores. Veja os itens que devem ser levados em consideração na hora do preparo:

- Variedade: Um dos pontos principais para agradar aos convidados é oferecer diferentes sabores de queijos. O ideal é que seja de 3 a 7 tipos, mesclados entre sabores fortes e suaves;

- Porção: Separe a quantidade ideal para cada pessoa. Cada uma consome, em média, 150g. Apesar dessa estimativa, prepare um pouco a mais para não correr o risco de faltar;

- Preparo: Os queijos devem ser retirados da geladeira 45 minutos antes de serem servidos para que adquiram sua textura e sabor original. O frio serve apenas para conservá-los;

- Montagem: Organize os queijos na mesa em recipientes separados para que não haja influência de gosto entre eles. Uma dica é colocá-los em ordem de intensidade de sabor, sendo do mais suave ao mais forte;

- Acompanhamentos: Opte por pães, como o italiano, castanhas, azeitonas, geléias, mel e frutas; como maçã, uva e damasco.

.
Indicações de queijos

Gouda – Sabor suave, ligeiramente adocicado, muitas olhaduras, textura macia e casca fina. Combina com azeitonas, vinho tinto e cervejas Pilsen, Pale Ale e Strong Golden Ale;

Brie – Apresenta textura macia e sabor suave com leve gosto de nozes. Recomenda-se consumir com vinhos tintos suaves e frutados, pão tipo baguete e geleias;

Gruyère – Textura semi-dura e plena de olhaduras. Seu sabor suave e adocicado lembra o gosto de leite maltado e aroma de amêndoa. Exige um vinho branco frutado para acompanhar;

Provolone – Pelo seu sabor pronunciado e defumado, deve ser servido com vinhos tintos encorpados. É um queijo de massa mais dura;

Gorgonzola – Integrante da família de queijos de mofo azul, possui massa cremosa e sabor agradável e intenso. Combina com pão italiano e vinho tinto encorpado e Vinho do Porto;

Reino – De sabor forte e picante, esse tipo de queijo pede um vinho tinto encorpado. Também combina com cervejas;

Prato – Com sabor suave, amendoado e aveludado, é indicado para ser consumido junto com vinho tinto suave.

Sugestão de leitura:


Siga @danny_mou no Instagram!

» COMENTÁRIOS AQUI »

Queijos indicados para elaborar fondue!

1st junho, 2016 by Danny Mou


Foto: Divulgação Regina

Especialista do grupo Barbosa & Marques indica produtos para elaborar a receita mais pedida do inverno: Fondue!

Segundo Raquel Santana, mestra em ciência e tecnologia do leite, responsável pelo controle de qualidade da marca de laticínios REGINA, empresa centenária na produção de lácteos tais como: queijos, leite longa vida, creme de leite, achocolatado, leite condensado, entre outros; pertencente ao grupo Barbosa & Marques, apresenta com exclusividade, os queijos que são indicados para elaborar a fondue, a receita mais pedida no inverno. Confira abaixo:

• Edam – Queijo muito popular na Holanda, comercializado em feiras livres e normalmente no formato de uma bola. Sabor suave, aromático e um pouco adocicado. É um queijo tipicamente de mesa devido ao apelo irresistível de suas olhaduras.

• Emmental – Queijo duro, amarelo- claro, de sabor suave. Ideal para ser fundido após seis meses de cura. Um clássico dos alpes suíços. Não pode faltar na hora de receber os amigos.

• Gruyere – Queijo de massa cozida, de textura semidura, plena de olhaduras (buraquinhos), a maioria do tamanho de uma avelã. Seu sabor é suave e adocicado, lembrando o sabor de leite maltado e aroma de amêndoa.

• Gouda – Conhecido mundialmente, é de origem holandesa. No Brasil, é um queijo produzido de forma similar ao queijo prato, mas tem características típicas como massa mais macia, sabor suave ligeiramente adocicado, muitas olhaduras, textura macia e casca fina.

• Provolone – Tem sua origem na região da Lombardia na Itália. É um dos queijos mais conhecidos do mundo. Tem diversos formatos e o peso varia de 200 g a 5 kg. São amarrados com cordas ou redes sintéticas e secam pendurados, depois são defumados até se obter a cor desejada da casca. O provolone envelhecido de 2 a 3 meses é flexível e aveludado, com uma casca fina e encerada, e é conhecido como provolone doce ou suave.

.

Foto: Divulgação Regina

Os produtos de laticínios da marca REGINA podem ser encontrados nos principais supermercados do país. Fonte: Release Oficial

Sugestão de leitura:


Siga @danny_mou no Instagram!

» COMENTÁRIOS AQUI »

Regina lança Creme de Queijo Minas Frescal

23rd fevereiro, 2016 by Danny Mou


Foto: Divulgação

.
Barbosa & Marques, empresa de laticínios presente no mercado brasileiro desde 1915, fabricante dos produtos da marca REGINA, lança o Creme de Queijo Minas Frescal nas versões tradicional e light, disponíveis para comercialização nas principais redes supermercadistas a partir de fevereiro de 2016.

Os Cremes de Queijo Minas Frescal tradicional e light apresentam o verdadeiro sabor do queijo mineiro, com uma consistência cremosa e típica do queijo fresco. Para consumidores que praticam dietas alimentares, a versão light é mais indicada, pois é reduzida em 25% de gordura comparado com a versão tradicional.

Os produtos chegam às gôndolas em uma embalagem prática, de 250g e fácil de ser manuseada. Seu consumo é altamente benéfico por ser fonte de cálcio e energia. Perfeito para lanches rápidos combinam com diversos acompanhamentos, como pães, torradas, biscoitos e canapés.
Fonte: Release Oficial

Sugestão de leitura:


Siga @danny_mou no Instagram!

» COMENTÁRIOS AQUI »

Regina lança Queijo Colonial!

8th outubro, 2015 by Danny Mou

Laticínios Regina lança com exclusividade o Queijo Colonial, produto de sabor marcante, ideal para ser degustado como aperitivo acompanhado de um bom vinho tinto ou incluso em pratos saborosos.

Disponível nas principais redes de supermercados, o Queijo Colonial Regina é considerado um dos ícones de destaque da gastronomia gaúcha. O produto de produção artesanal, fabricado na região sul do Brasil, passa por um processo de maturação, responsável por uma de suas características mais peculiares: casca amarelada, interior macio e sabor único.

Seu consumo é altamente benéfico por ser fonte de cálcio e energia e é ideal para ser degustado como aperitivo acompanhado de um bom vinho tinto ou usado em receitas saborosas. Além disso, este tipo de queijo é indicado para desenvolver a receita do tradicional pão de queijo mineiro.

Fonte: Release Oficial

Sugestão de leitura:


Siga @danny_mou no Instagram!

» COMENTÁRIOS AQUI »

Lançamentos Regina: Requeijão Culinário e Nata

4th setembro, 2015 by Danny Mou

No mês passado, recebi um delicioso presskit da marca Regina contendo dois novos produtos: Requeijão Culinário e Nata!

.

O Requeijão Culinário Regina em versão de bisnaga, facilita o manuseio e atende ao apelo dos consumidores pela facilidade de consumo. É ideal para o preparo de pizzas, molhos, recheios e coberturas. Seu sabor e consistência são incríveis! Delicioso para ser consumido com pães e torradas!

.

A Nata Regina, comercializada em embalagem plástica versão saquinho (300g cada unidade), é indicada para consumo caseiro, no café da manhã, lanche da tarde e no preparo de inúmeras receitas culinárias.

Adorei este produto e até já postei uma receita muito legal aqui no Blog. Se você ainda não viu, confira: Torta de Chocolate, Nata e Morango!

Sugestão de leitura:


Siga @danny_mou no Instagram!

» COMENTÁRIOS AQUI »