Arquivos do Blog

Bolinho de Atum Assado

30th junho, 2017 by Danny Mou

Mais uma receita do extinto Orkut, que faço há vários anos e adoro. É uma opção deliciosa para servir como acompanhamento ou petisco! :)

Ingredientes:
- 300g de mandioquinha cozida com tempero à gosto e amassada (se preferir pode usar batata)
- 1 lata de atum sólido light amassado
- 1 colher (sopa – cheia) azeitona preta bem picadinha
- 1 colher (sopa – cheia) farinha de trigo
- sal, salsinha picada e tempero em pó à gosto
- azeite para untar
- farinha de rosca para empanar

Modo de Preparo:
Misture bem todos os ingredientes. Com a ajuda de uma colher, faça bolinhos pequenos ou médios, passe delicadamente pela farinha de rosca e ajeite-os numa assadeira levemente untada com azeite.

Forno médio pré-aquecido, asse até dourar embaixo (cerca de 15 minutos); vire os bolinhos, para dourar do outro lado (mais uns 10 minutos).

Receita publicada originalmente no Blog em 05/10/2009

.


Mais informação sobre Atum:

Além de saborosa, a carne do peixe diminui em 35% o risco de se ter um infarto. De acordo com Carine, o peixe tem as chamadas gorduras boas (Ômega 3 e 6). “Ele diminui o colesterol ruim diminuindo as chances de a pessoa ter um infarto, derrame ou trombose”, explica a nutricionista. O peixe aumenta o colesterol bom atuando como um “limpador” das artérias.

O sistema imunológico também têm uma melhora drástica com o consumo contínuo de peixe. Carine cita como exemplo desse benefício, os esquimós, que com a sua dieta alimentar baseada em carne de peixe, não apresentam casos de câncer.

Para as mulheres, alguns sintomas da Tensão Pré-Menstrual (TPM) podem ser aliviados. “O peixe regula os hormônios, melhorando a dor e o inchaço típicos da TPM. E ainda, com o hábito a pele fica mais aveludada”, declara Carine.

A nutricionista fala que a única contra-indicação, é no caso de a pessoa ter alergia a algum peixe. Os benefícios podem ser encontrados tanto em peixes de água doce, como salgada, sem distinção. Atum, sardinha e salmão são as espécies que mais apresentam Ômega 3 e 6. Fonte: Hoje Centro Sul

O mais habitual é comer o atum enlatado, mas pode utilizar este peixe saudável de outras formas.
Assiste-se cada vez mais ao incentivo do consumo de peixes gordos, dado a gordura presente no peixe ser insaturada, sobretudo poli-insaturada do tipo ômega-3. Sabe-se que este tipo de gordura é protectora das doenças cardiovasculares.

Quando se fala em atum surge de imediato a imagem de um alimento enlatado quase pronto a comer.

Quanto à forma como este peixe é mais conhecido, vulgarmente, dentro de uma lata, diz Elsa Feliciano que «mantém as mesmas características a nível nutricional, mas o teor de sódio e a gordura são superiores à do peixe fresco».

As diferentes alternativas do atum enlatado – conservado em água, em óleo vegetal e em azeite – também influenciam as suas propriedades nutricionais.

Segundo a nutricionista da FPC, «a água torna-o um alimento menos gordo e mais natural e o azeite é uma gordura mais equilibrada que o óleo vegetal, logo tem mais qualidade. Em qualquer tipo de conserva é preciso escorrer muito bem, porque já é um peixe gordo por natureza e quanto menos gordura se consumir melhor».

Apesar de ter o teor de sal mais elevado e de ser mais gordo, o atum de conserva continua a enquadrar-se numa alimentação saudável. Aliás, especialmente, no Verão, é muito usado nas saladas.

O modo como é confeccionado não se confina a este prato. São imensas as maneiras de o utilizar na cozinha e os aficcionados deste peixe podem cair na tentação de o incluir em diversas refeições na mesma semana. Mas devem conter-se e ponderar a frequência com que o usam na alimentação.
«Embora integrado numa alimentação saudável, não deve abusar-se do seu consumo», alerta Elsa Feliciano. Fonte: JASfarma

Sugestão de leitura:


Siga @danny_mou no Instagram!

» 2 COMENTÁRIOS »

Queijo Coalho Empanado

29th junho, 2017 by Danny Mou

Aqui em casa, adoramos Queijo Coalho! É um acompanhamento delicioso para churrasco, além de servir como ingrediente para receitas deliciosas! ;)

Não sou adepta de frituras, principalmente as submersas em óleo. Mas, eventualmente acabo fazendo Filé de Frango à Milanesa, pois minha família adora. Nessas ocasiões, aproveito e também faço o Queijo Coalho Empanado. Fica delicioso, pois a consistência desse queijo é diferente, ele não derrete, mas se torna extremamente macio. Não tem perigo de desmanchar ou estourar, como pode acontecer (por exemplo), com o queijo provolone.

Fica delicioso para servir com um molhinho à gosto, ou mesmo acompanhando a refeição! O processo de empanar, é o mesmo para fazer frango ou filé à milanesa.

Retire o palito e corte cada espeto em 3 ou 4 pedaços. Passe primeiro na farinha de trigo, dando umas batidinhas. Depois, passe ligeiramente no ovo batido, temperado com uma pitada de sal. E, por último, passe na farinha de rosca. Cuidado para não deixar falhas ou buraquinhos. Desta maneira, se forma uma casca bonita e fofa, após a fritura.

Frite os pedaços em óleo quente, virando para dourar por igual. Escorra em papel absorvente e sirva quente; se quiser, acompanhado de um molho ou maionese.


Queijo Coalho Empanado é um petisco delicioso!

Receita postada originalmente no Blog em 23/09/2011.

Sugestão de leitura:


Siga @danny_mou no Instagram!

» COMENTÁRIOS AQUI »

Panqueca de Abobrinha

5th junho, 2017 by Danny Mou

Mais uma receita campeã, com minha favorita abobrinha! Peguei na comunidade Culinária – Receitas do finado orkut, postada pela Adriana. Faço há vários anos, pois é muito gostosa e prática; os amantes de abobrinha vão se deliciar! ;)

Ingredientes:
- 3 ovos
- 4 colheres (sopa) leite
- 1 pacote de creme de queijo ou legumes (70g) => não é a porção individual
- 1 abobrinha grande ralada no ralo grosso
- 2 colheres (sopa) salsinha => uso salsinha desidratada
- 1 colher (sopa) azeite

Modo de Preparo:
Misture a abobrinha ralada com a salsinha e o azeite. Reserve. Bata no liquidificador ou mixer, os ovos, o leite e o creme de queijo. Despeje esta mistura na abobrinha reservada e misture tudo.

Aqueça uma frigideira pequena anti-aderente, com um fio de óleo, despeje uma quantidade da massa e espere dourar. Com a ajuda de uma espátula, vire e deixe dourar do outro lado. Rendimento: 7 unidades médias.

Só uma observação: o creme de queijo é muito salgado, então, quem precisar controlar a ingestão de sal é melhor colocar só metade do pacote.

Receita postada originalmente no Blog em 12/04/10.

.

Para saborear quente ou fria, nem precisa de recheio!

Sugestão de leitura:


Siga @danny_mou no Instagram!

» 5 COMENTÁRIOS »

Torradinhas com Cebola

19th novembro, 2016 by Danny Mou

Quando vi esta receita, postada pela Regina na antiga comunidade de Culinária do Orkut, fiquei com a boca cheia de água! Isso foi há quase 7 anos e, desde então, sempre faço essas deliciosas Torradinhas com Cebola!

Muito simples e rápido de fazer, com um sabor diferente. E olha que eu nem sou muito fã de cebola… Mas esta torradinha é show! :)

Já usei pão integral, pão de forma comum, baguete e até pão de batata; todas ficaram boas.
Então, vamos à receita:

Modo de Preparo:
- fatias de pão (sem casca) cortadas em quadradinhos ou rodelas finas de pão
- passe uma camada fina de maionese em cada pedacinho
- por cima, coloque fatias finíssimas de cebola
- polvilhe parmesão ralado grosso
- leve ao forno (usei forninho elétrico), até dourar.

Está pronto um delicioso petisco. O difícil é comer só um pouco!

.

São deliciosas como aperitivo e também, como acompanhamento de sopas!

Receita postada originalmente no Blog em 11/07/2009

Sugestão de leitura:


Siga @danny_mou no Instagram!

» 3 COMENTÁRIOS »

Torta de Frango feita na frigideira

16th setembro, 2016 by Danny Mou

Vi esta receita no fanpage Tastemade Brasil e fiquei com vontade de testar. Modifiquei apenas a cobertura, pois não coloquei o Catupiry e acrescentei parmesão.

Cobertura:
- 300g de frango desfiado, temperado e refogado à gosto
- 100g mussarela ralada + 50g parmesão ralado (no ralo grosso)

Massa:
- 1 ovo
- 1 xícara (chá) leite
- 4 colheres (sopa) azeite
- 6 colheres (sopa) farinha trigo
- 1 colher (sopa) amido de milho
- 1/2 colher (chá) sal

Bata no liquidificador, depois acrescente 1 colher (chá) fermento em pó e misture sem bater.

Numa frigideira média anti-aderente aqueça 1 colher (sopa) azeite e despeje a massa. Quando dourar, vire e coloque o recheio, cobrindo com 100g de mussarela. Abaixe o fogo e tampe a panela.

/

A massa fica parecida com uma panqueca gigante. A minha ficou um pouco alta, pois devia ter usado uma frigideira mais larga.

Sugestão de leitura:


Siga @danny_mou no Instagram!

» COMENTÁRIOS AQUI »