Vinho Quente com laranja

22nd junho, 2017 by Danny Mou

Para aproveitar os últimos dias de julho, que tal uma receita bem saborosa de Vinho Quente com laranja?

Ingredientes:
- 500ml de vinho tinto
- 200ml de água
- 2 colheres (sopa) açúcar
- 1 laranja cortada em rodelas, sem sementes
- 6 cravos da índia
- 1 pitada de canela em pó => opcional
- canela em pau

Modo de preparo:
Colocar o vinho com a água numa panela funda, quando aquecer acrescentar os demais ingredientes. A canela em pó é opcional, mas deixa um aroma ainda mais delicioso (eu adoro!).

Abaixe o fogo e mexa eventualmente; não deixe ferver!

.

Sugestão de leitura:


Siga @danny_mou no Instagram!

» COMENTÁRIOS AQUI »

Ponche de Frutas

30th dezembro, 2014 by Danny Mou

>> Diário Pessoal, 30/12/14

Resgatando esta receita dos tempos antigos, muito usada nas festinhas da minha juventude! Uma opção mais suave e refrescante, para quem não deseja tomar vinho, mas também não quer ficar só no suco ou refri! ;)

Ingredientes:
- 1 garrafa de espumante suave (750ml)
- 1 litro de Guaraná (não usar light ou zero pois altera o sabor)
- 1 lata de fruta em calda (abacaxi ou pêssego)
- 1 laranja média cortada em rodelas
- 1 maçã média com casca
- cerejas, uvas sem caroço, kiwi, morango, etc…

Modo de Preparo:
Deixe o espumante e o guaraná bem gelados. Separe 1 xícara (chá) da calda (abacaxi ou pêssego) e pique as frutas em pedacinhos bem pequenos. Pique também a maçã e outras frutas de sua preferência. A laranja deve ser cortada em rodelas finas.

Junte os líquidos numa poncheira ou tigela funda, misture com uma colher e depois acrescente as frutas. Sirva com uma conchinha em copos pequenos. Se for necessário, acrescente cubos de gelo aos poucos – para não deixar o ponche aguado.

Sugestão de leitura:


Siga @danny_mou no Instagram!

» COMENTÁRIOS AQUI »

Degustação de queijos no Pão de Açúcar!

6th agosto, 2012 by Danny Mou

>> Diário Pessoal, 06/08/12

Semana passada, eu e minha família, estivemos numa degustação de queijos nobres com harmonização de vinhos, à convite do Pão de Açúcar. Pudemos conhecer os lançamentos e aprender um pouco mais sobre essas delícias!

Os atendentes especializados em queijos, deram uma verdadeira aula para os convidados. Nós, que adoramos queijos, passamos momentos verdadeiramente deliciosos. São muitas novidades que o Pão de Açúcar preparou para seus clientes, fechando parcerias com novos fornecedores portugueses e holandeses, para enriquecer ainda mais a extensa linha de produtos já importados, num total de mais de 200 variedades de queijos.

De acordo com Luis Otavio Moura, Gerente Comercial, como “o Pão de Açúcar importa diretamente dos produtores, sem intermediários, tem conseguido reduzir os preços para o consumidor final, tornando a opção internacional atrativa e, muitas vezes, com preços similares e até inferiores aos tipos nacionais“.

.

Dentre as novidades que pudemos degustar, o queijo holandês Bastron Pesto Verde chamou muito nossa atenção, pelo seu sabor marcante e cor verde linda demais!

.

Também adorei o queijo feito com 100% leite de cabra holandês Frans Halls, com sabor encorpado e delicioso aroma; servido con damascos secos e nozes. À direita, queijo Gorgonzola alemão, Bergarder.

.

Outra novidade que pudemos provar, foi o queijo holandês Gouda Light, com baixo teor de gordura e sabor delicioso. À direita, queijo Brie Président, servido com geleia de frutas e amêndoas.

.

Para acompanhar, foram servidos alguns vinhos Club des Sommeliers, marca do Pão de Açúcar, com mais de 60 rótulos, procedentes de 9 países. Como não aprecio muito bebida alcoólica, deixei essa parte para o maridão. Tomei água e a Bonequinha Alyssa, suco de uva! ;)

.

Não podia deixar de comentar sobre o queijinho Babybel, um tipo de “polenguinho” francês com sabor delicioso; fiquei encantada com ele! Além disso, cada unidade vem embalada com alumínio e um envoltório de cera, o que deixa o produto completamente protegido. Não é uma fofura?

.
Foram diversas opções de queijos apresentadas, não seria possível comentar sobre todas. Mas, acredito que consegui passar uma visão geral. Uma coisa que eu não sabia e achei bastante interessante! Hoje, o Pão de Açúcar possui em 83 lojas de São Paulo, o serviço Especialistas em Queijos: atendentes especialmente treinados, com o propósito de auxiliar o cliente, tanto com informações, como com sugestões de produtos, receitas e até degustação.

Sugestão de leitura:


Siga @danny_mou no Instagram!

» 2 COMENTÁRIOS »

Globo Repórter 17/12: relação entre vinho e saúde

15th dezembro, 2010 by Danny Mou

>> Diário Pessoal, 15/12/10

Nesta sexta-feira, você vai descobrir que uma taça de vinho por dia evita doenças cardíacas. E cientistas garantem que a bebida mais antiga do mundo previne diabetes, pressão alta e combate o colesterol.

Nesta sexta-feira (17/12), você vai conhecer os poderes da bebida mais antiga do mundo. Pesquisa do Instituto do Coração (InCor) confirma: uma taça de vinho por dia evita as doenças cardíacas.

O resveratrol, substância contida na casca da uva, é capaz de matar células cancerígenas e pode se tornar um remédio para o câncer de mama. Cientistas garantem que ele também previne diabetes, pressão alta e combate o excesso de colesterol.

Descubra por que o Brasil é o único país do mundo que produz uvas durante o ano todo? Aos pés da Cordilheira dos Andes, você vai conhecer a beleza do deserto que produz vinho. Até as crianças testam os benefícios do suco de uva que tem poderes curativos. E qual o segredo dos agricultores da Serra Gaúcha?

Fonte: Globo Repórter

Sugestão de leitura:


Siga @danny_mou no Instagram!

» COMENTÁRIOS AQUI »

Vinho Verde

30th dezembro, 2009 by Danny Mou

>> Diário Pessoal, 30/12/09

Vinho Calamares Branco Verde 750ml. Vinho português branco, elaborado com as uvas Lote de Loureiro, Azal, Trajadura e Pedernã. Possui aspecto límpido, amarelo muito claro, quase transparente, com leves raios esverdeados, e aroma muito frutado. Vinho verde branco meio seco, jovem, fresco, suave e frutado. Excelente aperitivo, ideal para um dia de muito calor. Aconselhamos ainda como complemento de mariscos e frutos do mar, e todos os tipos de refeições de peixe. Acompanha ainda muito bem queijos frescos ou pouco curados. Servir à temperatura de 8º a 10ºC, num flute ou num copo vidro fino. Graduação alcoólica 9% vol – 750ml. Vinho importado de Portugal.

Ganhei uma garrafa de Vinho Verde Calamares. Para apreciar gelado, que vinho delicioso! ;)
Logo me lembrei de uma música que ouvi muitas vezes quando era criança, na voz do cantor Roberto Leal.

Verde Vinho
Letra: Paulo Alexandre

(…)
“Vamos brindar com vinho verde
Que é do meu Portugal
E o vinho verde me fará recordar
A aldeia branca que deixei atrás do mar.”
(…)

Uma coisa bem interessante, é que cada garrafa de Vinho Verde conta uma história, através do SELO DE GARANTIA. Para consultar a história da sua garrafa, visite o site: http://www.vinhoverde.pt/pt/vinhoverde/garrafa/garrafa.asp

.

Mais informação sobre o Vinho Verde:

O Vinho Verde é único no mundo. Um vinho naturalmente leve e fresco, produzido na Região Demarcada dos Vinhos Verdes, no noroeste de Portugal, uma região costeira geograficamente bem localizada para a produção de excelentes vinhos brancos. Berço da carismática casta Alvarinho e produtora de vinhos de lote únicos, a Região dos Vinhos Verdes festejou em 2008 o centenário da sua demarcação.

Com baixo teor alcoólico, e portanto menos calórico, o Vinho Verde é um vinho frutado, fácil de beber, óptimo como aperitivo ou em harmonização com refeições leves e equilibradas: saladas, peixes, mariscos, carnes brancas, tapas, sushi, sashimi e outros pratos internacionais.

A flagrante tipicidade e originalidade destes vinhos é o resultado, por um lado, das características do solo, clima e factores sócio-económicos da Região dos Vinhos Verdes, e, por outro, das peculiaridades das castas autóctones da região e das formas de cultivo da vinha. Destes factores resulta um vinho naturalmente leve e fresco, diferente dos restantes vinhos do mundo.

O Vinho Verde branco é consumido maioritariamente associado a uma refeição e normalmente acompanhando pratos de peixe ou marisco ou ainda de carnes brancas.

Observa-se no entanto, uma tendência recente para o seu uso como aperitivo, dada a sua leveza e frescura, associadas ao baixo teor alcoólico e à típica «agulha» que normalmente o acompanham, que ligam muitíssimo bem com o contexto pré-refeição.

Condição indispensável para o Vinho Verde exprimir todo o seu potencial qualitativo, é ser servido sempre a uma temperatura compreendida entre os 8 e os 10 graus centígrados.

Podemos concluir que o vinho tem um importante papel na manutenção da saúde humana, desencadeando, quando bebido moderadamente, fenómenos biológicos capazes de protegerem o nosso organismo, impedindo a deterioração dos seus elementos celulares, controlando o seu metabolismo e defendendo-o das transformações patológicas, agressões internas e externas, proporcionando uma maior longevidade e qualidade de vida.

O Vinho Verde é um vinho único no mundo, de espírito singular e inimitável. Se procura o cúmplice perfeito para uma festa de amigos, um jantar romântico ou um fim de tarde, o Vinho Verde vai surpreendê-lo com a leveza e a frescura que adiciona a cada momento.

De intensos aromas frutados, o Vinho Verde é particularmente apreciado como aperitivo pois é pouco alcoólico e tem uma acidez muito equilibrada. Fonte: vinhoverde.pt

.

Sugestão de leitura:


Siga @danny_mou no Instagram!

» 2 COMENTÁRIOS »