Vitaminas que ajudam a proteger a pele!

30th abril, 2016 by Danny Mou

Fuja de acne, cravos, envelhecimento e rugas consumindo nutrientes

Até os menos vaidosos ficam incomodados com problemas de pele, como acne, cravos e rugas profundas. Mesmo alguns cuidados, como evitar sair de casa sem passar protetor solar e a utilização de cremes antienvelhecimento, podem não ser o suficiente para deixar a pele jovem e saudável. “A pele também precisa de nutrição, principalmente a de quem tem histórico de problemas dermatológicos, como acne, espinhas e cravos”, explica a nutricionista Daniela Jobst, da Unifesp. Dentre todos os nutrientes, as vitaminas ganham destaque, já que o consumo de algumas delas deixam a pele mais saudável e protegida da ação do tempo.

Acne – Espinhas
As espinhas, ou acne, formam-se porque há um entupimento no poro que drena para a superfície da pele as gorduras produzidas pela glândula sebácea. Esse tampão pode inflamar o poro, deixando as lesões avermelhadas, pustulosas e com aparência desagradável.”A vitamina A, também chamada de retinol ajuda na saúde da pele, pois tem ação antioxidante e auxilia na restauração de lesões na pele”, explica a nutricionista Daniela Jobst, da Unifesp. Esse nutriente também balanceia a produção de secreções das glândulas sebáceas, dificultando que os poros fiquem entupidos e inflamados.

A vitamina A pode ser encontrada com facilidade em alimentos consumidos no dia a dia, mas suas principais fontes são abacate, brócolis, cenoura, espinafre e outros legumes verdes.

.
Rugas
“A vitamina B2, ou riboflavina, auxilia na saúde da pele, pois ajuda a aumentar a produção de energia. Sua ausência pode provocar lesões na pele e nos lábios, dermatite, entre outras inflamações. Ela também impede o cabelo e as unhas de ficarem secos e quebradiços”, explica a especialista. Além disso, essa vitamina promove uma renovação celular mais acelerada, deixando a pele firme e saudável, o que combate rugas e marcas de expressão no rosto.

“O leite é a maior fonte de vitamina B2 que encontramos na natureza e deve fazer parte da dieta de quem busca retardar o envelhecimento da pele. Laticínios, como queijo e iogurte, também são boas fontes de B2″, diz Daniela Jobst. Mas as pessoas com alergia a lactose devem tomar cuidado com o consumo desses alimentos e devem procurar outras fontes da vitamina B2, como fígado e folhas verdes.

.
Cravos

Os cravos são formados pelo acúmulo de substâncias sebáceas nos poros da pele. Esse processo é mais comum quando o indivíduo tem má circulação, o que dificulta o transporte de nutrientes que possam dilatar os poros. A vitamina B3 é importante porque facilita a circulação sanguínea em todo o corpo, inclusive na pele, o que contribui para o metabolismo das gorduras, proteínas e carboidratos.

.
Envelhecimento
Famosa por ser usada na prevenção de gripe e resfriado, a vitamina C também traz benefícios às células da pele. Um estudo publicado no American Journal of Clinical Nutrition examinou as relações entre a ingestão de nutrientes e o envelhecimento da pele em mais de quatro mil mulheres, com idade entre 40 e 74 anos. Foi constatado que a ingestão de vitamina C mais elevada estava associada a uma menor probabilidade de ter uma aparência enrugada e a pele ressecada. Isso acontece porque a vitamina C é um antioxidante natural que auxilia na formação do colágeno, responsável pela elasticidade e firmeza da pele. Segundo a nutricionista Daniela Jobst, a vitamina E também tem a função de antioxidante e protege as células da ação dos radicais livres, o que retarda o envelhecimento da pele.

A vitamina C pode ser encontrada em frutas cítricas, como laranja, limão, abacaxi e morango, além de vegetais, como repolho, cebola e pimentão. Já verduras – como alface, agrião, espinafre e couve -, óleos vegetais, ovos, semente de girassol, soja, banana, carnes e oleaginosas são fontes de vitamina E.

.
Irritações e lesões na pele
Na hora se barbear ou depilar com gilete, é comum que a pele fique irritada, e em alguns casos, até lesionada. A vitamina B6 tem ação cicatrizante e age no sistema imunológico do corpo, protegendo a pele com inflamações, e também acelerando o processo de cicatrização das feridas. “Essa vitamina pode ser encontrada em batata, banana, peito de frango, semente de girassol, salmão, atum e abacate”, diz a nutricionista. Fonte: Portal Minha Vida

Sugestão de leitura:


Siga @danny_mou no Instagram!

» 1 COMENTÁRIO »

Saiba mais sobre a vitamina A

5th abril, 2016 by Danny Mou

Também chamada de retinol, é uma das mais importantes para o organismo. No corpo humano é transformado em ácido retinóico, que é a forma efetiva dela. A vitamina está ligada ao crescimento, manutenção da saúde da pele e das artérias, proteção do coração e até ao desenvolvimento dos ossos e dentes.

Uma das principais funções da vitamina A é como composto das proteínas nos olhos que reagem à luz, propiciando a visão. Por isso a deficiência dela causa perda e outros transtornos de visão. Além disso, essa vitamina é essencial ao corpo porque o ácido retinóico afeta quase todas as funções das células. A vitamina A também tem ação antioxidante, combatendo o envelhecimento.

Onde encontrar?

Alimentos de cor alaranjada possuem betacaroteno, precursor da vitamina A no organismo.

A melhor maneira de conseguir vitamina A em doses adequadas é através do consumo de seus precursores. Eles são convertidos em retinol dentro do organismo, no intestino. O mais conhecido é o betacaroteno, que pigmenta alimentos principalmente de cores laranja e amarela. Só a quantidade necessária de beta-caroteno será transformada em vitamina A. Exemplos de alimentos que contem beta-caroteno são: cenoura, abóbora, beterraba, mamão, manga e a batata doce. Alimentos que possuem vitamina A são: fígado, manteiga, leite, gema de ovos e sardinha.

Vale lembrar que o excesso de Vitamina A é prejudicial. Pode causar pele seca, áspera e descamativa, dores ósseas e articulares, dores de cabeça, queda de cabelos, entre outros males. Por isso é melhor consumir os precursores, em detrimento de ingeri-la por meio de complementos vitaminicos ou ácido retinóico.

Dicas:
- Os betacarotenos são liposolúveis, portanto a absorção de vitamina A é favorecida pela ingestão de gorduras;

- Cozinhar os alimentos que contem betacaroteno libera o pigmento de dentro das células, facilitando a absorção;

- A vitamina A auxilía na produção de melanina do organismo, por isso colabora com o bronzeado.
Fonte: Linea Blog

Sugestão de leitura:


Siga @danny_mou no Instagram!

» 1 COMENTÁRIO »

Por que os cabelos caem?

15th janeiro, 2015 by Danny Mou

De acordo com a dermatologista na Rede de Hospitais São Camilo, Ana Célia Xavier, é normal que as pessoas observem a queda de aproximadamente 120 fios de cabelo por dia, mas se essa média for maior, é necessário fazer uma checagem para conferir se está tudo bem. Segundo ela, tanto homens quanto mulheres podem sofrer desse mal.

A queda de cabelo pode estar ligada diretamente à carência nutricional por consequência de uma alimentação errada, insuficiente ou inadequada e também à alteração hormonal, estresse, genética e dermatite seborreica, que é a descamação do couro cabeludo. Ainda segundo a Dr. Ana, o paciente que notar a queda mais acentuada deve procurar um especialista, fazer exames e fazer um tratamento indicado.

A dermatologista alerta que quando a queda de cabelo tem causa genética, a chamada alopecia androgenética, ela pode atingir tanto os homens quanto as mulheres, mas diferentemente dos homens, a perda de cabelo não ocorre por completo nas mulheres, mas apenas há uma diminuição do volume total. O tratamento pode ser feito diretamente com uma com suplementação de vitaminas, além do uso de shampoos corretos e a diminuição da quantidade de condicionador e creme sem enxágue.
Fonte: Ana Célia Xavier, dermatologista na Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo.

Sugestão de leitura:


Siga @danny_mou no Instagram!

» COMENTÁRIOS AQUI »

Vitamina de Abacate

27th maio, 2014 by Danny Mou

>> Diário Pessoal, 27/05/14

O abacate não é o vilão que muitos pensam; se consumido com moderação. Realmente, ele é rico em gordura, mas é um tipo de gordura bom!

Vitamina para 2 pessoas:
- 1 abacate pequeno maduro
- 300ml de leite desnatado
- 1 colher (sopa) de adoçante

Bater tudo no liquidificador e servir imediatamente. O abacate oxida e fica escuro e o adoçante deixa amargo, se não for servido na hora. Para comer com açúcar ou leite condensado, fica calórico demais!

A proporção entre a polpa do abacate e a quantidade de leite, vai definir uma vitamina mais grossa, possível de comer com colher, ou mais rala, para tomar de canudinho! ;)

A Dieta dos Deuses – Dr. Fedon A. Lindberg
Amêndoas, abacates, castanhas de caju, avelãs, nozes, amendoins, sementes de pistache e azeitonas são alimentos ricos em ômega-9, uma gordura monoinsaturada. Esse deve ser o tipo de gordura mais ingerido.

A maior fonte de gordura vegetal são os óleos vegetais, as castanhas e o abacate.

Mais informação sobre Abacate:

A gordura predominante no abacate é do tipo monoinsaturada, como a do azeite de oliva. Este tipo de gordura é considerado saudável e ajuda a controlar as taxas de colesterol do organismo. Para evitar o escurecimento imediato, passe um pouco de suco de limão na superfície do fruto. Quando for usar somente uma metade do abacate, deixe a outra com o caroço. Isto evita que se deteriore com rapidez.

Escolha os mais pesados e firmes.Alguns têm manchas de cor marrom-clara na casca, mas esse é um defeito apenas superficial e não afeta a qualidade do fruto. O abacate deve ser guardado em local fresco e arejado, não podendo ser colocado na geladeira, pois o frio impede o amadurecimento. Depois de descascado precisa ser imediatamente consumido, pois em contato com o ar, a polpa escurece.

No Brasil, o abacate é consumido ao natural com açúcar, como sobremesa. No entanto, em outros paises e mais apreciado em saladas, bem temperado com vinagre, pimenta e maionese. Em pratos doces, o abacate combina muito bem com limão, leite, creme de leite e leite condensado, na preparação de sorvetes, cremes , musses e bebidas.

100g de abacate comum, possui 162 calorias. Fonte: Hortifruti

Sugestão de leitura:


Siga @danny_mou no Instagram!

» 2 COMENTÁRIOS »

A importância da Vitamina C

24th abril, 2013 by Danny Mou

A Vitamina C é um poderoso antioxidante e tem muitos outros benefícios

As vitaminas são elementos nutritivos essenciais para vida e possuem compostos nitrogenados. O organismo não é capaz de sintetizá-las e quando faltam na nutrição provocam carência no organismo. A Vitamina C é um poderoso antioxidante e combate a formação dos radicais livres. Ela ajuda as células do organismo a crescer e permanecer sadias — principalmente as células dos ossos, dentes, gengivas e dos vasos sangüíneos.

A vitamina C é necessária para combater infecções, atuar na absorção do ferro, reduzir o nível de triglicerídeos e de colesterol, além de fortalecer o sistema imunológico.

Para o corpo humano estar em perfeito funcionamento, deve haver um balanço entre as substâncias oxidantes e antioxidantes. Quando as substâncias oxidantes aumentam de quantidade ou os antioxidantes diminuem, temos o chamado stress oxidativo que, em excesso, pode ser bastante tóxico para o organismo.

Movimentando-se pelas células, os radicais livres — que são substâncias bastante instáveis— tentam desesperadamente se ligar à outra molécula. Os alvos preferenciais são DNA e proteínas, que acabam sofrendo lesões após essa união e se tornam disfuncionais. O resultado são doenças dos mais diversos tipos.

A vitamina C deve ser ingerida diariamente, porque não é armazenada no corpo e é destruída pelo calor e pela exposição ao ar. A dose diária recomendada é 75 mg. Ou seja, uma laranja e alguns morangos já são o suficiente.

Benefícios da Vitamina C
Fortalece os capilares sanguíneos.
É extremamente importante em tratamentos antialérgicos.
Ajuda a fortalecer o sistema imunológico.
É excelente na prevenção de gripes e infecções.
Atua no organismo como um poderoso antioxidante.
Dá resistência aos ossos e dentes.
Facilita a absorção de ferro pelo organismo.
Atua no metabolismo de alguns aminoácidos.

Deficiência de Vitamina C
Escorbuto
Sangramento das gengivas
Anemia
Depressão
Hemorragia
Doenças Cardiovasculares
Envelhecimento precoce

Lembramos que o excesso da vitamina C pode causar formação de cálculos nos rins. Portanto, a melhor maneira de se obter a quantidade necessária desta vitamina é através da alimentação. A vitamina C é encontrada em alimentos como frutas cítricas e seus sucos, tomates, morangos, pimentões e brócolis. Uma dieta rica em frutas e vegetais pode ajudar a prevenir várias doenças, inclusive determinados tipos de câncer.

Vitamina C e a Beleza
A vitamina C utilizada como cosmético ajuda na hidratação e na produção de substâncias que agem na renovação da pele. Ela tem um poder antioxidante, estimulando a eliminação de radicais livres — que são moléculas que causam danos às células e aceleram o processo de envelhecimento. A vitamina C também atua na produção de colágeno, essencial em tratamentos de rejuvenescimento. É indicada para pessoas que apresentam linhas de expressão, rugas e outros danos causados pela exagerada exposição ao sol. O colágeno é o ingrediente responsável pela capacidade elástica e resistência da pele, ou seja, sem ele a pele fica mais flácida e frágil. A exposição continuada ao sol é um dos fatores que alteram a síntese de colágeno na pele, levando a formação das rugas.

Aí entra outro papel da vitamina C, proteger contra a exposição solar, ou seja, além de consertar os danos causados pelo sol ela ainda evita que esses danos ocorram. Para combater o envelhecimento da pele a forma tópica tem se mostrado bem mais efetiva. Mas são necessários alguns cuidados. Primeiro é importante consultar um médico para saber qual a concentração de vitamina C é mais adequada para o seu tipo de pele. A vitamina C é muito instável, isso porque ela perde as suas propriedades em contato com a luz e com o ar. Então o creme deve ser guardado em frasco fosco e bem fechado, melhor ainda se for na geladeira. Fonte: Jandaia

Sugestão de leitura:


Siga @danny_mou no Instagram!

» 1 COMENTÁRIO »